Olá gurizada, tudo bem com vocês?
Carnaval acabou?
Hoje falaremos sobre mudar do  Brasil. Aqui já deixamos a dica de como melhorar seu Linkedin para conseguir um emprego estando no Brasil, e esse pode ser o primeiro passo a ser feito.
Lembrando que no meu caso, essa mudança de país ocorreu devido ao meu esposo conseguir emprego estando no Brasil.

Decisão:

Viver fora do nosso país, pode ser um pouco diferente que imaginamos. Independente do lugar que você irá viver. Sempre teremos que nos adaptar a cultura e as pessoas nativas do país que escolhermos.
O primeiro pensamento que devemos ter é: Você quer mesmo fazer essa mudança?

Isso pode até soar desanimador, mas caro leitor, morar em outro país tem seus pontos fortes mas os pontos fracos existem, e às vezes fica matutando na cabeça. Por exemplo: ficar longe da família é uma das coisas que mais me deixa triste, mas ao decidir que viria para Porto, sabia que iria sofrer com isso.

Claro que com a internet conseguimos matar a saudade, mas nada se compara a um almoço de domingo da mamãe.
Ok! Se mesmo assim quer mudar, vamos as dicas.

Planejamento:

Planejamento é o segundo passo importante! Você irá precisar planejar, desde onde irá morar, como irá alugar um apartamento, passagens , vender as coisas de casa, emprego ou estudo. 

A escolha do país é o mais importante, com certeza você já tem o país de seus sonhos, então comece pesquisar sobre ele. Temos muitos grupos no face (por exemplo: Brasileiros no Porto ou Brasileiros em Portugal, num geral em qualquer lugar do mundo você deve achar um grupo sobre brasileiros que vivem lá) que podem te ajudar a tirar as suas dúvidas sobre o país que você quer mudar. E muito blogs (como esse rs), que podem te ajudar nessas duvidas também.

Com o país escolhido, corra atrás da documentação, entre em contato com o consulado do país de destino que esteja mais próximo à você e verifique o que é necessário imigrar para o mesmo, à trabalho, estudo ou até mesmo a turismo. Cada país tem suas regras, como aqui em Portugal. 

Para viajar para a Europa é necessário passaporte válido, mas por exemplo para países do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Peru) não há necessidade do passaporte, mas precisará ter seu documento de identidade válido, e o mesmo não pode ter mais de 10 anos.

Se você, por exemplo, tem sua certidão de nascimento ou qualquer documento que permita sua permanência de maneira legal no país mas você precisa dar entrada como turista, fique atento as regras da imigração. Para turismo na maioria dos países Europeus (por exemplo) é necessário:
– Passaporte atualizado no mínimo 6 meses;
– Passagem de ida e volta, com duração no máximo 3 meses;
– Seguro saúde ou PB4;
– Comprovante de hospedagem ou carta convite (já falamos sobre ela, você pode conferir clicando aqui);
– Dinheiro equivalente ao período de permanência, por exemplo, aqui na Europa é necessário ter no mínimo: 75 euros para o dia de chegada + 40 euros por dia, esse é o valor mínimo requerido pela lei de imigração (à turismo), então faça a contas.

Para países como Canadá e EUA – assim como outros – é necessário ter um visto válido de turismo, estudante ou trabalho, sem ele você não consegue entrar no país.

Muito importante: deixe alguém responsável pelas pendências no Brasil. Você pode fazer isso no cartório com uma procuração. Deixe com sua mãe, pai, padrasto, irmão etc. Assim, eles podem resolver os probleminhas que podem ocorrer enquanto você está longe.

Quanto de dinheiro levar?

Dai é a questão que sempre falo para as pessoas: leve o necessário para não passar necessidades. Lembre-se que entre os gastos está hospedagem, alimentação, transporte, lazer e claro gastos extras. Isso é claro em caso de turismo, se você está de mudança pesquise muito sobre o custo de vida de cada lugar e leve o necessário para o maior tempo possível, eu indico levar pra 1 ano.

A dica que deixo é: faça uma planilha com todos os gastos possíveis que você terá. Se você for acompanhado dobre os valores e se você for com filhos, multiplique os valores em 4 hahahahahaha.

Não esqueça de sempre deixar um dinheiro para emergência, conheci caso de pessoas que quebrou a perna e não tinha dinheiro para pagar os remédios e o hospital. (Não se esqueça, em Portugal e em muitos outros países até mesmo a saúde pública é paga).

Você pode vender as coisas de casa (como nós fizemos), eu tive sorte pois a parentaiada comprou todos os meus móveis e algumas coisinhas deixei com minha mãe.
Você pode colocar no OLX e nos grupos do facebook também você conseguirá vender.

Alugar um imóvel

Airbnb é essa dica que deixo, quando chegamos aqui alugamos um quarto pelo Airbnb. O site é seguro e tem quarto, casa inteira e hostel com várias opções de valores e muitas vezes saí mais barato do que uma hospedagem em hotel. Alugue pelo menos 15 dias, até você conhecer a cidade e pesquisar onde irá morar, ter os documentos necessários para locação etc.

Deixo aqui um vídeo bem legal, que a Isis falou sobre dicas como alugar apartamento no Porto.

A primeira coisa que devemos saber é se a sua data de partida será em alta ou baixa temporada, isso poderá influenciar muito o valor da passagem.
Não compre com muita antecedência, pois sempre pode ocorrer uma promoção nesse tempo, uma média de tempo recomendado é 6 meses.

Não compre em cima da hora, cometemos esse erro e infelizmente e a passagem dobrou o preço.
Pesquise muito, valores e companhia aérea. Compre com o mínimo de 60 dias de antecedência. Não esqueça do seguro viagem, que no caso específico de Portugal pode ser substituído pelo PB4 (que é um documento que dá direito a todo cidadão brasileiro usar a saúde pública daqui pagando como um português.

Arrume a malas:

Uma coisa que eu falo é: se você vir para Portugal, nem traga roupas hahahaha. Tem Primark minha gente! Roupas baratas!!
Deveria ter pensado nisso, e minha mala teria espaço para mais coisas! Traga apenas as roupas necessárias para você usar enquanto resolve as pendências até se instalar de vez.

Organize com a época que você irá viajar, se vir no inverno traga casacos e esqueça as roupas de verão (vice e versa).
Deixo também um vídeo da Isis, o que trazer na mala.

 

 

Bom, no canal da Isis tem vídeos que ela fala muito sobre a mudança, cultura e adaptação aqui no Porto.
Mudar de país é um sonho que poderá se tornar possível se você desejar e se planejar, pesquise muito, não tome nenhuma decisão precipitada e dará tudo certo.
Se inscreva no canal da Isis e confira todos os vídeos.

Espero que tenha ajudado a tirar algumas de suas dúvidas.

Um grande beijo e até a próxima.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *