Oi galera, tudo bom?

Desde que eu cheguei no Porto e tive o privilégio de ver o Douro pela primeira vez num dia incrivelmente ensolarado e de céu azul uma das primeiras questões que me veio a mente foi: será que dá pra entrar nesse rio? E a resposta é SIM! É super possível e fica muito próximo aos pontos turísticos da cidade.

Acredito que você chegou aqui através do vídeo onde eu mostrei um pouco do nosso dia por lá, mas caso não tenha visto assiste aqui ó:

Nós fomos na praia fluvial do Areinho, mas pelo que eu pesquisei tem mais umas 3 num raio de 20km daqui, são elas: Zebreiros, Lomba e Melres.

Vou ser sincera com você, não foi o lugar mais lindo que vimos aqui, até porque o dia estava nublado e a região com construções abandonadas não é exatamente meu parâmetro de lugar bonito rs mas sim, eu adorei passar o dia por lá!

A praia fica do lado de Gaia, um pouco depois da ponte dom Luis e é de fácil acesso de carro (não achei transporte publico que passe por lá – se você souber de algum deixa aqui nos comentários por favor) ou você pode caminhar por cerca de 40min da ponte até lá, pra quem for de carro já deixo a dica, aparentemente é bem fácil de estacionar por lá.

Para quem estranhou a gente levando comida para praia devo avisar que isso é muito normal, tanto aqui quanto na praia que visitamos na Espanha (em breve vídeo e texto) vimos muita gente levando comida e até mesmo fazendo churrasco na praia (sim, eles levam mesa, cadeiras e a churrasqueira) até porque não tem quase nenhuma opção de comida (nessa praia do Douro não tinha nenhuma, por exemplo). O que eu acho bem interessante porque apesar de não ser tão cômodo é muito mais econômico e fora que quem nunca passou mal por ter comido alguma coisa suspeita na praia que atire a primeira pedra (rs).

Coisas que eu não gostei:

– Muitos jets skis passando o tempo todo e próximos aos banhistas, ao meu ver isso pode ser um perigo afinal, grande parte dessas pessoas alugam o jet ski ali mesmo e algumas estão pilotando pela primeira vez, na minha opinião isso não é muito bacana e pode causar um acidente.

– A areia incomoda muito! Aliás, nem sei se dá pra chamar de areia, na verdade são pedrinhas e é uma tortura pisar nelas, isso desanima bastante porque realmente dói o pé, mas a parte boa é que o vento não joga ela em cima de tudo que você leva pra lá (até porque ela é grossa e mais pesada do que a areia comum) então suas coisas voltam menos sujas pra casa.

Na praia é permitido cachorros

Isso eu nem preciso falar que foi a coisa que eu mais gostei, não é mesmo?

Tinham vários cachorrinhos na praia, brincando na areia e nadando em harmonia com todos, a coisa mais fofa! Infelizmente o Fred não foi, porque como era nossa primeira vez ficamos com medo de não poder e acabarmos perdendo o dia de passeio, mas na próxima ele com certeza vai nos acompanhar! 😀

Enfim, é isso, num geral eu adorei a experiência e iria de novo sem pensar duas vezes! Quero conhecer as outras e volto aqui pra contar pra você como foi, e você conhece alguma praia fluvial por aqui? Me conta e me dê dicas pois eu amo água doce e quero conhecer todas! 😀

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *