Olá querido leitor, tudo bem?
Essa é uma dúvida recorrente por aqui, já que uma das coisas mais legais de morar na Europa é a facilidade em viajar com custos muito abaixo dos que estamos acostumados, não é mesmo?

Muita gente me pergunta sobre como eu faço com o Fred, como não viajamos muito pra fora do país geralmente ele vai conosco ou algum amigo fica com ele.
Mas eu entendo que nem todo mundo tem essa dispobilidade por isso eu resolvi retomar um trabalho que eu tinha no Brasil: hospedar cãesinhos em nossa casa.

Siiiiiim, eu AMO cachorros e pra mim é quase que uma terapia ter a casa cheia deles!
Mas vou contar um pouco da minha história com isso.
No Brasil temos um serviço chamado Dog Hero, que é uma espécie de AirBnb para cães onde ao invés de deixar seu bichinho num hotel você deixa com pessoas que amam animais! Não é o máximo? Assim que eu soube que dava pra ter uma renda extra cuidando de animais eu me achei! Me cadastrei logo na plataforma, fiz uma entrevista super complexa e demorada e fui aprovada!

Depois disso foi só alegria, eu recebi muitos cachorrinhos antes de mudar pra Portugal, meu máximo foi num ano novo onde hospedamos de uma só vez 6 + o Fred, ou seja, 7 doguinhos num apartamento de dois quartos, foi uma festa! Alguns dos nosso hospedes em São Paulo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Como funciona e quanto custa?

Mas vamos ao que interessa, e o que provavelmente te trouxe até aqui. Como funciona? Quanto custa?
Aqui em Portugal infelizmente não temos uma plataforma como o Dog Hero, então eu resolvi começar sozinha. Quando você quiser deixar seu pet comigo basta entrar em contato aqui ou na página que eu criei no facebook apenas pra isso, a Oh My Dog!

Depois desse primeiro contato a gente vai marcar uma visita não só para nos conhecermos mas também para ver como os nossos cachorrinhos vão se comportar.
O Fred é um cão super dócio, mas é ansioso e não gosta de Bulldogs e Pugs (não me pergunte o porque rs), talvez o seu cão não goste do Fred ou vice-versa e aqui presamos, acima de tudo, pelo bem estar deles!

Dado esse primeiro encontro basta reservarmos a data que você pretende deixá-lo conosco. Os preços começam em 10€ tendo variações apenas para épocas de muita procura.
Pedimos que seu cão esteja, claro, com as vacinas em dia, assim como antiparasitante interno e externo.

Como eu vou saber se está tudo bem?

A regra aqui em casa é simples, entrou aqui é da família!
Até por isso a importancia de saber se eles vão se dar bem, não somos a favor de deixar ninguém preso então eles ficarão soltos o tempo todo, mas sempre com a companhia de um humano por perto, afinal eu e o Felipe (meu marido) trabalhamos em casa e gostamos de estar sempre atentos.
O acesso ao quintal também tá liberado (claro <3) e passeamos sempre que necessário.
Para que seu coração fique mais calmo enviamos mensagens durante toda estadia do seu pet conosco e claro, muuuuuuitas fotos pra você matar a saudade!

E o que eu preciso levar?

Pedimos para que você traga a ração do seu pet (aqui o Fred come 2x por dia, e para ter um controle de quem comeu e quanto comeu os hospedes vão seguir essa rotina, caso não comam a gente tira e oferece depois de novo), o potinho de comida/água, jornal (caso ele use para fazer xixi e coco), brinquedinhos (mas sem apego, porque nem sempre eles voltam inteiros rs), a caminha e eu costumo pedir uma peça de roupa já usada pelos donos, assim o seu cheirinho ficará com ele e isso ajuda a diminuir muito a ansiedade e saudade.

Bom, é isso. Espero que tenham gostado da novidade e que possamos dar muito carinho e amor para seu pet caso você precise se ausentar por alguns dias 🙂
Beijinhos!

 

3 thoughts on “Onde deixar meu cão enquanto eu viajo?

  • Ana Cristina Cardone

    Oi, Isis ! Conforme teu pedido na resposta que me enviou mando a mensagem por aqui ! A Kimmy é castrada e nunca teve muito contato com outros cães a não ser uma Poddle que era da minha mãe e quando tentamos colocá-la para cruzar. É extremamente dócil e NUNCA foi agressiva com humanos, porém se está com alguém da família e perto de outros cães pode ficar em modo protetor latindo e agitada. Recentemente ficou em um Pet Shop para banho e quando fui buscá-la estava entre 6 cães de medio e grande porte extremamente “comportada”, o que me chamou atenção e comentei com a cuidadora, que me disse que quando o animal age assim, ficando agitado e em modo protetor, é somente qd os “donos” = família estão por perto, pois sozinhos ou com outras pessoas não reagem agressivamente. Espero que possamos falar pessoalmente quando achares mais oportuno ! Obrigada desde já !

    Responder
  • DULCE LEAO

    Oi Isis, muito útil o seu trabalho. Só quem tem filhos de 4 patas sabe como é útil. Pena que os meus não poderão se hospedar…são Bullzinhos franceses. Abs e boa sorte.

    Responder
    • Isis Zimmerman

      Oi Dulce, obrigada!

      Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *