Olá, tudo bem?
Nos últimos dias eu tenho postado vídeos sobre a nossa viagem de férias (vou deixar todos linkados aqui no final desse texto). E vocês têm me perguntado sobre os custos, então resolvi fazer um texto falando de fato quanto gastamos.

Passagens

Não é surpresa pra ninguém que na Europa é possível comprar passagens MUITO baratas e conosco não foi diferente, a princípio eu queria ter ideo de trem para Lisboa, pra quem me acompanha sabe que eu tenho medo de avião e também porque eu realmente gosto muito de viajar de trem, mas mudei rapidamente meus planos quando me deparei com os preços, de trem gastaríamos no mínimo 24,30 euros por pessoa, quando de avião nos custou apenas 10 euros.
O mesmo aconteceu com a viagem de Madri, essa eu já sabia que era mais cara mesmo pra ir de trem mas resolvi pesquisar mesmo assim. Indo de trem/comboio pagaríamos no mínimo 36 euros por pessoa pra ir sentado ou 50 euros (os valores não eram exatamente esses mas era por aí, já não lembro ao certo) para ir deitados, sendo que iríamos separados pois as cabines com cama são femininas ou masculinas, para irmos juntos deveríamos comprar a cabine toda que saia por 210 euros e acomoda até 4 pessoas (pra levar o Fred também teríamos que comprar a cabine toda) além do mais o trem não sai do Porto e sim de Coimbra (ou Lisboa) então gastaríamos mais cerca de 10 euros por pessoa para ir até lá (Coimbra), enquanto de avião pagamos 14 euros por pessoa. (Para quem ficou curioso a viagem de trem demora cerca de 8 horas, enquanto de avião demoramos menos de 1 hora).
Na volta optamos por voltar de ônibus, visto que acabamos comprando a passagem de volta já próximo a viagem e foi o que estava mais barato, pagamos 43,50 por pessoa e a viagem durou cerca de 7 horas (no fim durou até um pouco menos).

Hospedagem

Em Lisboa tínhamos reservado um hostel que acabou nos deixando na mão, se você não viu assista:

E acabamos ficando em outro Hostel, o primeiro tinha custa 35 euros por pessoa 3 dias de hospedagem com café da manhã, o segundo acabou custando 44 euros por pessoa os mesmos 3 dias sem café da manhã, ficamos no Lisbon Top Hostel.
Em Madri optamos por AirBnb, eu adoro ficar em AirBnb e o preço compensava bastante (já em Lisboa não compensava por isso lá ficamos em hostel), no total pagamos 119 euros para nós dois, sem café da manhã e no total de 5 dias de hospedagem.

P.S.: Uns dias depois voltei a Lisboa e fiquei no Angels Hostel, foi uma experiência super bacana, o lugar era limpo (ao contrário do Lisbon Top Hostel que não era lá essas coisas) e super fofo! Era bem perto do metro mas o lugar era meio estranho, fui abordada por um senhor francês super estranho que me intimidou quando eu sai pra comprar comida, voltei pro hostel e não saí mais (e nem era de noite).

IMPORTANTE: Nenhum dos dois hostels que ficamos em Lisboa (tanto o Angels quanto o Lisbon Top) falam português, apenas inglês. E nossa anfitriã em Madri não falava nem inglês, então nos viramos no espanhol como deu.

Festival

O Mad Cool festival foi sem dúvida nosso maior motivo para visitar Madri durante essa época do ano (visto que é alta temporada e muito calor – não somos muito fãs de calor rs), os ingressos começaram a ser vendidos no final de 2016 e custavam 125 euros para os 3 dias ou 50 euros por dia de festival, nós só conseguimos comprar nossas pulseiras em fevereiro por 150 euros os 3 dias, e a Érika que nos acompanhou apenas no primeiro dia pagou 77 euros.

Alimentação e outros

Como essa viagem não foi feita no nosso melhor momento financeiro (o Fred ainda estava se recuperando da primeira cirurgia e não desistimos da viagem por muito pouco) nós fomos bem econômicos e colocamos metas de máximo de gastos diários. Calculamos 10 euros por pessoa, por dia + 10 euros de transporte etc.
Pensamos que éramos 2 pessoas e ficamos 9 dias foram de caso nosso máximo de gastos seriam de 450 euros ao todo, mas não chegamos nem aos 400 euros e olha que ainda comprei umas coisinhas em Madri.
A minha dica pra quem quer viajar gastando pouco é: selecione bem os pontos turísticos pagos que você quer ver, eles são lindos mas também tem muita coisa legal pra ver de graça em todas as cidade, pense que se você for entrar numa atração paga vai acabar perdendo boa parte do dia em apenas 1 lugar e claro, economize na comida, a única coisa que eu fiz questão de comer foi a famosa Paela, de resto nos viramos com lanches baratos e até mesmo fizemos uma pequena compra no supermercado para comer antes de sair e quando voltássemos.

Não viu nossa viagem, acesse a playlist abaixo e confira todos os episódios:

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *