Olá gurizada, tudo bem com vocês? Um dos itens mais importantes de uma mudança é a procura de um apartamento ou casa. E minha gente, como pode ser tão difícil?

Vamos começar falando de uma coisa muito importante: não deixe de exigir um contrato para o proprietário, nunca faça nenhuma negociação sem algum contrato, OK?
Bom, contar a minha breve procura pelo meu apartamento. Eu ainda estava no Brasil quando nosso amigo conseguiu agendar uma visita no apartamento que estamos hoje, então foi o que facilitou muito. Quando conseguimos ver ele, eu confesso que não gostei nada. Os móveis eram antigos e o apartamento era um apertamento – um T1 – mas era o que tínhamos no momento, então apenas aceitei. Nós moramos perto do centro, mercado e o mais importante: perto do emprego de Erick. Perfeito!

Mas não, o apartamento é úmido pra caramba, esse inverno ficamos doentes demais, e a falta de espaço é complicado. Mas chegamos naquela questão: pagamos barato no aluguel e foi na correria, não temos muito do que reclamar. Então aqui deixaremos
dicas importantes e sites para que você consiga ver os apartamentos e moradias aqui no Porto.

Algumas Dicas

Exposição solar: Uma das coisas que percebi nesse inverno é que frio aqui é bem rigoroso, e olha que
eu sou de Curitiba, era para eu gostar do frio, e confesso que odiei com todas as minhas forças hahaha. Então, ao visitar um apartamento verifique prontamente a exposição solar nos cômodos em casa. Digo isso, pois como chove e faz muito frio, as casas ficam fechadas, e com isso além da umidade, o apartamento fica um gelo. É quase Frozen. Em alguns anúncios essa informação consta na descrição do imóvel, então fique de olho.

Dica: A vedação da casa/apartamento influencia muito na temperatura. Pesquise um pouco sobre isso, é barato vedar sua casa e vendedores de lojas como a Leroy Merlin saberão te orientar quanto a isso.

Localidade

Essa é uma questão importante. Os apartamentos estão com o valor de arrendamento muito alto, você
encontrará preços altos se você desejar morar perto do centro. Consequentemente, apartamentos que estão em áreas mais distantes, acabam sendo mais baratos. Se você não se importar em usar autocarro (ônibus), você irá encontrar apartamentos com valores mais baixos e até maiores fora da região central. Aconselho também andar bastante e conhecer as regiões de
seu interesse, afinal no google é uma coisa mas na vida real você pode não gostar tanto assim.

Tipologias

O que é T0, T1, T2? É bem simples, é a nomenclatura dada ao imóvel de acordo com a quantidade de dormitórios. Por exemplo: T0 é um estúdio/uma kitnet, T1 é 1 quarto, T2 são 2 quartos e assim por diante. E quando você vir T1 kit ou T qualquer coisa + palavra kit, é porque a sala e cozinha são integradas (como no apartamento da Isis, deixo o link no final do texto).

Apartamentos mobiliados

Chega a dar um alívio no coração quando ele vem com tudo, mas sempre verifique as condições dos móveis e dos equipamentos eletrônicos. Não se esqueça que se caso você quebre um copo, terá que comprar outro copo para colocar no lugar rs. Então o cuidado é mais que necessário. Recomendo que se o proprietário não fizer, faça você mesmo uma vistoria com fotos de todo imóvel e envie por e-mail ao proprietário especificando quantidade e estado de conservação de tudo que tem no apartamento/casa, envie e peça confirmação dele para que isso sirva de forma documental caso haja algum problema na hora de entregar o imóvel. Caso o imóvel de seu interesse não seja mobiliado, não se desespere, aqui tem opções baratas para mobiliar um apartamento, a Isis já escreveu sobre isso e você pode saber mais clicando aqui.
Muitas vezes você verá no anúncio: apartamento equipado e isso significa que ele tem os principais eletrodomésticos, como: geladeira/frigorífico, forno, placa vitrocerâmica/fogão, máquina de lavar roupa etc.

Fiador, caução e documentos

Daí que entra a coisa burocrática aqui em Portugal, em alguns apartamentos é necessário fiador, mas com um pouco e conversa e negociação, você consegue até alugar um apartamento que solicita fiador, dando um bom caução. O caução (valor de X rendas que você deixa como garantia que vai entregar o imóvel nas mesmas condições que pegou, esse valor é devolvido ao final do contrato quando o imóvel for entregue ao proprietário e se não tiver ocorrido nenhum dano ao mesmo) é solicitado como garantia do arrendamento e é negociado diretamente com o dono/senhorio do apartamento. Em alguns casos o senhorio solicita até 1 ano de renda adiantada, mas a lei diz que o senhorio necessita de uma garantia, onde se encontra o artigo 36 “À celebração do contrato será obrigatória a exigência e prestação de caução em metálico numa quantidade equivalente a uma mensalidade de renda no arrendamento habitacional e de dois no arrendamento para fins não habitacionais”. Caso você não tenha fiador, já venha com algum dinheiro separado para negociar isso com o senhorio.

Quanto a documentação, pode variar de acordo com o que você tem disponível (tipo de visto, se trabalha ou não, ou se como a Isis e o Felipe, trabalham pra outro país etc). Vou citar aqui os documentos que acho mais comum requisitarem:
– Contrato
de trabalho ou algum documento que informe a sua renda;
– NIF;
– Passaporte ou algum documento de identificação;
E caso tenha fiador ele especificará os documentos que o mesmo deve apresentar.

Sites para alugar

A internet é uma ferramenta incrível para a busca de apartamentos, eu recomendo que você olhe algumas vezes ao longo do dia
e marque visita o quanto antes com os anúncios que te interessarem. Quando for pesquisar organize sempre foi “mais recentes”
muitos senhorios acabam esquecendo de tirar o anúncio do ar quando finalizam o arrendamento.
Deixo aqui alguns sites que podem ser muito úteis:
Imovirtual
Sapo
OLX
Custojusto
Idealista
Era
Remax


Outra dica que eu dou: não foque em procurar apartamento enquanto estiver no Brasil. Pelo menos aqui, no Porto, o mercado imobiliário para arrendamento está super concorrido, alguns imóveis são arrendados horas depois de serem anunciados então foque em resolver todas as burocracias/documentos para viajar, aproveite sua família e amigos e só concentre suas energias em procurar um imóvel quando já estiver aqui para não ficar frustrado de encontrar o apartamento dos seus sonhos e não conseguir ficar com ele. A última coisa que eu digo ainda nessa categoria: sempre confirme suas visitas. Ultimamente com a grande procura é muito comum você chegar no local e o apartamento ter sido arrendado por quem visitou antes, então para não perder tempo confirme sempre suas visitas antes de sair de casa. E sempre que for visitar um imóvel vá preparado para que, caso você goste, já feche negócio o quanto antes.

A última dica que deixo é: quando você chegar, fique em algum quarto/hotel/casa de amigo/AirBnb por pelo menos umas duas semanas até conhecer melhor o local onde quer viver e conseguir com calma, ir procurando um apartamento.
Infelizmente os aluguéis subiram muito (principalmente aqui na cidade do Porto), e a procura de apartamento está mais difícil. Mas nada é impossível!

Espero que esse post tenha ajudado a vocês.
Um grande beijo e até a próxima!

P.S.: Como prometido deixo aqui no final os dois vídeos em que a Isis mostrou os apartamentos que já arrendou aqui. Deixo os dois pois é ela alugou mobilado e outro não, então dá pra ter uma boa noção de tudo que pode vir em um apartamento.

6 thoughts on “Dicas para alugar um imóvel em Portugal

  • Aline

    Oi Isis! Estou adorando seu site e todas as suas dicas! Parabéns!
    Isis, você teve algum problema pra alugar os apartamentos por ter cachorro? Essa é minha maior preocupação!

    Beijos querida!!!

    Responder
    • Isis Zimmerman

      Oi Aline, muito obrigada 😀 fico feliz que esteja gostando!
      Olha, eu estou no meu segundo apartamento aqui e não tive problema algum quanto a isso, mas vale ressaltar dois pontos: o Fred é um cão pequeno e que nasceu e viveu sempre dentro de um apartamento, então ele não incomoda os vizinhos e nunca estragou nada. Outra questão é que num modo geral os apartamentos aqui (digo com mais experiência no Porto) estão cada vez mais caros e difíceis de alugar devido ao grande número de brasileiros e outros imigrantes que tem chego aqui no país. Mas o fator ter ou não um dog não é nada que eu acredito ser muito determinante, venham preparada financeiramente (eu aconselho trazer 1 ano de renda pra poder negociar com o dono e poder ficar tranquila enquanto se instala no país). Beijinhos e boa sorte 🙂

      Responder
  • Cleisson

    Oi Isis, foi citado no textos que você e/ou Felipe trabalham para outro país, estou nessa mesma situação e gostaria de saber se isso facilita na hora de negociar os cauções, além de quais documentações extras foram necessárias para esse caso.
    A propósito, excelente post, principalmente na parte sobre o que se verificar o isolamento rs

    Abraços

    Responder
    • Isis Zimmerman

      Olá Cleisson, muito obrigada, esse texto é de autoria da Elisa, uma colaboradora aqui do blog 🙂
      Mas vamos lá, quando arrendamos nosso primeiro apto aqui o Fe estava de contrato assinado com uma empresa daqui e isso nos aliviou nos calções, porém ele só ficou 6 meses lá e quando mudamos pra outra empresa nós negociamos com nossos extratos bancários e com o comprovante de pagamento de todas as outras rendas do nosso primeiro apartamento.
      Se você vai chegar aqui trabalhando para o estrangeiro como PJ e sem contrato eu recomendo que traga o máximo possível de grana pra negociar, pode ser que só te peçam 2 ou 3 calções (que é o que permite a lei) mas pode ser que te peçam 1 ano, é contra a lei mas é assim que (infelizmente) funciona, porque as pessoas precisam de um apto e acabam cedendo e cada vez que alguém paga colabora pro mercado ficar cada vez mais competitivo e abusivo :/
      Boa sorte, beijinhos!

      Responder
  • rubens amaral

    Olá Isis, legais as suas dicas, obrigado!
    Estou me planejando mas não encontro uma informação, quem sabe você pode esclarecer.
    Tenho olhado nos sites para ter noção dos valores nos diferentes bairros.
    Minha dúvida: os valores que eles anunciam já incluem taxas de condomínio do prédio e também o IMI (IPTU deles)?
    Aqui no Brasil você sabe, os valores dos aluguéis anunciados não incluem taxas de condomínio e IPTU.
    Abraços

    Responder
    • Isis Zimmerman

      Oi Rubens, muito obrigada por ler 🙂
      Sim, o valor anunciado já inclui tudo, mesmo porque aqui os condominios não costumam oferecer nada (só os que tem muito luxo é que oferecem coisas como piscina, porteiro etc), basicamente eles cobram pela luz e limpeza dos corredores etc. Quanto ao imposto eu não sei como funciona, mas fique tranquilo que também já consta no valor.
      Beijinhos

      Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *