Olá gurizada, tudo bem com vocês?
Dia 8 de março é comemorado o dia internacional da mulher. Tudo começou no século XIX onde as mulheres iam as ruas para reivindicar seus direitos.
E no dia 8 de março 1857 um grupo de mulheres organizou uma marcha em NY onde reivindicavam a quantidade de horas trabalhadas, salário e condições de trabalho.
A data mais conhecida e importante é em 1911, onde 146 mulheres morreram em um incêndio na fábrica Triangle Shirtwaist, em Nova Iorque. Sendo a maioria das mulheres imigrantes. O incidente é até hoje lembrado por muitas mulheres, devido ao sofrimento.

Apesar de toda história de luta feminina por direitos iguais, apenas em 1975, as Nações Unidas promoveram o Ano Internacional da Mulher e em 1977 proclamaram o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher.

E hoje conversando com a minha manicure, perguntei como era comemorado esse dia em Portugal. Ela na hora me falou que é comemorado com presentes e flores. O que sinceramente me chocou e eu não sei porque.

Lembro que no Brasil, minhas amigas ficavam afoitas para receber presente, flores e chocolate. Confesso que eu também era assim, e agradeço por ter mudado esse pensamento. É engraçado pensar em como amadurecemos em pouco tempo.

Então a conclusão inicial é que não muda de um país para outro, as mulheres ganham flores, presentes e jantares. Ok! Mas vamos nos focar em algo mais sério?
Não sabia o assunto que deveria abordar nesse dia, então Isis me deu uma luz no fim do túnel.
Querido leitor, hoje vamos falar de algo sério: a diferença salarial entre homens e mulheres. Hoje colocarei Portugal como exemplo, para que possamos entender que infelizmente isso acontece no mundo inteiro.

Diferença salarial entre mulheres e homens

Hoje saiu uma noticia que o título me deixou abismada “Portugal é o país que mais cavou o fosso salarial entre homens e mulheres”.  A reportagem aborda a diferença salarial e de estudos em Portugal, e países como: Alemanha, Estônia e Republica Tcheca estão liderando o ranking de diferença salarial. Países como Grécia e Malta diferença é menor, mas ainda sim, os homens recebem um salário maior. Portugal está, infelizmente, entre os primeiros países da UE, onde as mulheres ganham menos.

Na média a diferença salarial na UE é em torno 16,2% onde o homem ganha mais. E em Portugal o estudo diz que a média é ainda maior, chegando até 17,5%.
Essas informações estão em uma pesquisa feita pela Eurostast.

Isso ocorre mesmo quando a mulher tem ensino superior completo, o que para algumas é mais difícil de obter do que para os homens. E ainda ocorre a diferença entre nós mulheres, estudos comprovam que a mulher branca tem mais facilidade em ter acesso a um ensino superior e emprego, do que as mulheres negras e pardas.

Esses dados me assustam, mas nada mudará se não corrermos atrás de nossos direitos.
Ganhamos menos, trabalhamos mais, cuidamos da casa, dos filhos e ainda dizem que isso é apenas obrigação de uma mulher. Que nesse dia não seja apenas para dar presentes ou dizer só um Feliz dia das mulheres, que seja um dia de pensamentos, um dia para refletirmos a sociedade na qual vivemos e lutarmos por um futuro melhor.
Que possamos nos unir (não só as mulheres, mas os homens também), para que possa existir igualdade. E querer a igualdade entre o gênero não é errado, é um direito nosso e não devemos desistir de lutar por isso.

Contudo, me despeço com o clichê: Feliz dia das mulheres e nunca se esqueçam: juntas somos mais fortes!
Um enorme abraço e até a próxima!

 

3 thoughts on “Dia internacional da Mulher

  • Thaiana Pezzo...

    Texto muito bacana e informativo… Nós mulheres somos a força desse mundo… e numa data como essa deveríamos exigir mais respeito ao invés de somente presentes, que todos usassem desse dia para refletir um pouco mais sobre o real valor das mulheres, guerreiras, que são funcionárias, mães, donas de casa, esposas, fazem jornada dupla, e até tripla… e ainda assim não deixam a peteca cair…
    Um grande abraço!!!!

    Responder
    • Elisa Pichler

      Obrigada Thaiana! Que possamos nos unir sempre e sempre! bjs

      Responder
    • Isis Zimmerman

      Disse tudo Thaina, é isso mesmo, nós somos fortes e incríveis! Não podemos nos esquecer disso nunca <3

      Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *